quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

"Suas crianças derrubando reis"

Eu não sou nada boa de perceber panoramas, mas o que me parece é que esse pessoal que hoje tem seus 15/ 16 anos ou menos vem com uma outra força, um outro tipo de força. 

São jovens que têm acesso à informação de N fontes, que podem ouvir, ler e comparar, que escolhem a cultura que consomem. São jovens que não tem sua alma sugada pela TV aberta durante suas horas de ócio. Aliás, são jovens que basicamente desconhecem o ócio. 

No tempo em que "nada produzem" (estudando e/ou trabalhando) estão esmerilhando o MUNDO pela internet: web, deep web, sei-lá-qual web. 

Acredito que esses jovens vão causar uma grande inversão nas coisas. Não serão facilmente manipuláveis, mas serão fortemente organizáveis. O mundo dos "adultos" inevitavelmente vai RUIR diante da força desses jovens. Espero que daí saiam coisas muito muito boas para a humanidade, porque, convenhamos, tá foda...

Acho que esses jovens vão poder cantar com uma propriedade nunca experimentada por qualquer geração anterior os versos do Renato Russo:

"Agora chegou a nossa vez!
Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês". 

Que assim seja! E que seja lindo!
-----
"A revolução vai ser mulher, negra e terá 16 anos. Se preparem.", Giovanna Dealtry (via Facebook).


foto: Marlene Bergamo

Nenhum comentário:

Postar um comentário